Corações Abertos

Atletismo começa nesta sexta com a distribuição das primeiras nove medalhas de ouro

77

Por Antonio Prado

Quem serão os nove primeiros medalhistas de ouro da história da nova pista sintética de atletismo de Caçador? Esta pergunta será respondida ao final do dia desta sexta-feira (7) na cidade sede dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A modalidade estreia a partir das 12 horas. Ao final do dia serão conhecidos os campeões, pela ordem, do arremesso do peso masculino (M), lançamento do dardo (M), 10 mil metros feminino (F), arremesso do peso (F), 100 metros rasos (M e F), 1.500 rasos (F), 400 metros (F e M).

O total de 380 atletas, que representam 37 municípios, brigará por medalhas até domingo (9). São José é atual campeão no masculino e feminino. Nesta quinta-feira (6), dirigentes estiveram em congresso técnico acertando os últimos detalhes da logística da competição.

Este ano, segundo os próprios treinadores, o atletismo terá a prova dos 100 metros feminino será a mais acirrada dos últimos tempos. A atual campeã Anny  de Basi, de Balneário Camboriú, terá um páreo duro contra a também super campeã Tamires de Lis, de Joinville, e a revelação Taira Luciano, campeã dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina.

No feminino, outros nomes de destaque que desfilarão seus talentos na pista. São: a campeã brasileira sub-23 Micaela de Melo, de São José, nos 100 metros com barreiras, que nos treinos já fez 13s39 bem abaixo do atual recorde que 14s10.

Por Joinville destacam-se Letícia Oro, campeã brasileira sub-23 no salto em distância, Simone Ponte Ferraz, melhor atleta dos Jasc 2017, que disputará as provas de 1.500 e 3.000 metros, e Amanda Scherer, primeiro lugar no ranking brasileiro no arremesso do peso.

Entre os homens, destaque para Jorge Bernardes, de Itajaí, integrante da seleção brasileira de salto em altura, e Lucas Katanheiro, recordista estadual absoluto do declatlo, ambos de Itajaí.

Por São José a expectativa é a possível quebra do recorde dos 400 metros que já dura mais de 38 anos e pertence a Evaldo Rosa, que em 1980 fez 47 segundos cravados em pista de carvão nos Jasc de Jaraguá do Sul. Fábio de Oliveira, de São José, já fez nos treinamentos 47s70.

O josefense Jonatan Rodrigues, campeão dos Jasc 2017 nos 100 metros vem forte novamente para a prova.

No atletismo, o maior campeão no masculino é Joinville, com 18 títulos. Depois vem Blumenau,em segundo, com 12, e Florianópolis, em terceiro, com 11 títulos.

Já no feminino, Blumenau lidera com 22 títulos de campeã, seguido de Joinville, com 15, e Florianópolis, em terceiro lugar, com seis títulos.

Veja Também
Comentários
Carregando...