Corações Abertos

Rejeitados ganham título inédito para Corupá

425

 

Por Orlando Pereira

Corupá conquistou o seu primeiro troféu na história dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Foi na modalidade de bolão 23 masculino, justamente com a equipe dispensada no ano passado pela FME de Blumenau. Por essa razão, a medalha de ouro teve um gostinho especial para os integrantes da equipe. Na passada única, a capital da banana derrubou 1.428 palitos, cinco a mais do que Xanxerê. A medalha de bronze ficou com Chapecó, que marcou 1.423. A diferença comprova o equilíbrio, já que Rio do Sul acertou dois a menos que o terceiro, e Itajaí, com 1.412.

A história da equipe campeã é interessante. Até no ano passado os jogadores defendiam Blumenau. De repente, cada bololista recebeu uma ligação telefônica, num sábado, com a notícia da dispensa. A escolha por Corupá deu-se exatamente para ter os blumenauenses como adversários na fase seletiva, vencida pela diferença de quatro palitos. Adilson Behling, único corupaense da equipe, disse que a conquista já tinha sido antecipada ao eliminar o adversário. “Ficou a mágoa com os dirigentes, mas somos amigos fora das canchas”, complementou.

Classificaçao final do bolão 23 masculino

1º Corupá -13 pontos*

2º Xanxerê – 8 pontos

3º Chapecó – 5 pontos

4º Rio do Sul – 3 pontos

5º Itajaí – 2 pontos

6º Lages – 1 ponto

*pontuação para a classificação do troféu geral

 

Veja Também
Comentários
Carregando...