Corações Abertos

Simone Ponte Ferraz quer estabelecer novos recordes nos Jasc

Simone está entre os cerca de 4.500 atletas participantes dos Jasc 2018

95

Em oito anos de participação nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Simone Ponte Ferraz já coleciona 18 medalhas na competição e desponta como uma das principais atletas de resistência nas pistas de Santa Catarina e o título de melhor atleta do atletismo nos Jasc de 2017.

Pentacampeã nas provas de nas provas de 1.500m rasos e 3.000m com obstáculos, a ponteserradense competiu, entre os anos de 2009 e 2013, por Jaraguá do Sul, onde reside há cerca de doze anos. Foram 10 medalhas conquistadas nesse período. Competiu ainda por Blumenau (2014), Brusque (2015) e Joinville (2017).

Simone chega a sua nona participação nos Jasc com o objetivo de marcar ainda mais sua história no atletismo catarinense. Na edição de Lages, ela estabeleceu um novo recorde na prova dos 3.000m com barreiras dos Jogos Abertos, com o tempo de 10min46s, ainda acima do recorde absoluto catarinense, de 10min27s, que também é dela e que a coloca em segundo lugar no ranking da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), nessa prova.

Em entrevista especial à Assessoria de Comunicação da Fesporte, a atleta disse que vem tendo neste ano uma preparação bastante intensa, com treinos fortes, com os técnicos Izair Júnior Gazzoni e Margit Weise, buscando diminuir ainda mais os tempos, sobretudo para a prova de 1.500m rasos.

“Tenho um carinho muito grande por essa prova, mas quero me dedicar depois dos Jasc às provas de longa distância, mas, para isso, quero bater o recorde dos 1.500m rasos, para fechar com chave de ouro. Se não conseguir, vou permanecer competindo nessa prova também”, disse ela.

Dessa preparação, a fundista já obteve frutos. Buscando índice para o Troféu Brasil de Atletismo, participou do Festival de Atletismo em Jaraguá do Sul, onde conquistou ouro nos 3.000m com barreiras, com o tempo de 10min35s, e nos 5.000m rasos, estabelecendo, nesta prova, um novo recorde, depois de 23 anos, com o tempo de 16min48s.

Simone chega em setembro a Caçador credenciada a mais conquistas e a ampliar sua história no atletismo dos Jasc. ” Os Jogos Abertos são a competição mais importante de Santa Catarina. O atletismo catarinense sem os Jasc não seria atletismo. É mais importante que o Brasileiro. Além disso, por competir dentro de casa, podemos ter a família nos prestigiando e motivando, e temos a possibilidade de fazer história. Isso é muito bom”, disse com entusiasmo a atleta.

A atleta destacou os dois grandes nomes do atletismo catarinense em provas de fundo femininas. Aos 28 anos de idade, ela tem como desafios bater as marcas de Silvana Pereira e chegar a Olimpíada de Tóquio onde pretende superar o tempo de Márcia Narlok.

Simone Ponte Ferraz está entre os cerca de 4.500 que estarão na 58ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, no município de Caçador, entre 6 a 16 de setembro.

Veja Também
Comentários
Carregando...